Juliana Antunes – Estudante on-line


Quando ficamos doentes…

Resolvi escrever um breve depoimento sobre a situação de ficarmos algum tempo ausente do curso, por motivos de doença,  própria ou de familiares, ou mesmo por um outro motivo.

Neste feriado de Páscoa apanhei uma faringite que me incapacitou  alguns dias de acompanhar normalmente o curso e isso foi para mim bastante angustiante…

Nos momentos em que conseguia entrar no gmail, ficava espantada com a quantidade de e-mails que me esperavam e pela quantidade de informação que os colegas trocavam. Senti-me a ficar para trás e isso é uma sensação difícil de superar.

Perdi, por momentos, a confiança de que fosse conseguir acompanhar o mestrado e o desafio que me propus de realizar as 4 disciplinas por semestre.  Ainda por cima, os colegas estão sempre a elevar a fasquia…

Não é nada fácil buscar a automotivação nestas horas (tão faladas no módulo de ambientação). Confesso que primeiro precisei de uma motivação externa, do meu marido e da minha amiga Maria, que estavam comigo e que para além de me darem mimos pela doença, ainda estiveram a dar força para não desanimar. Foram fundamentais para que eu recuperasse o meu optismo. Obrigada Maridão e Super amiga!

Percebi que para levar este desafio até ao fim precisarei muito do apoio deles e de todos que me cercam. Não posso reclamar, pois desde os meus pais no Brasil aos meus colegas de trabalho e colegas de curso, todos estão a dar muito apoio. Por favor continuem assim e não me abandonem!!!

Como eu não gosto nada de decepcionar as pessoas que acreditam em mim, estou cá  para  tentar recuperar o tempo perdido na última semana.

 Desculpem lá o desabafo…